A GALINHA D’ ANGOLA no Culto aos ÒRÍSÁS.

FACEGALINHADAANGOLA-300x225

Este texto relata um dos ÌTÒN ou ÌTÀN dos Tratados de IFÁ sobre um dia que ÒRISÀNLÀ conversou com ÒSÚN, a respeito da representatividade da galinha de angola.

“ÒRISÀNLÀ disse: ÒSÚN no processo de vida e morte, não vou interferir, mas tenho como Você os mesmos poderes para criar e consagrar símbolos que perpetuem o ser humano criado.

Este símbolo deverá representar o ser humano em qualquer situação, também que possa ser renovado constantemente.

Um símbolo vivo de alguém que já morreu.
E este símbolo deverá estar sempre em todos os rituais em nossa honra.

Este símbolo representará, com sua presença, a todos aqueles que um dia receberam o sagrado, a ligação entre o seu ORÍ com a sua essência primordial.

ÒSÚN disse; Sou Eu quem contribui com esta aliança firmada entre o iniciado e seu ÒRÌSÀ.

Então vamos perguntar a todos os ÒRÌSÀ que símbolo será este que também possa representar a Terra, onde habitam seus corpos depois de levados por IKU.
Assim todos os ÒRÌSÀ responderam; è a GALINHA D’ ANGOLA.
ÒSÚN providenciou, imediatamente, uma galinha de angola, que naquele tempo, as suas penas eram inteiramente negras, e ÒRISÀNLÀ soprou sobre ela o pó de EFUN, manchando-a e tornando-a pintada como ela é até hoje.

ÒSÚN então, modelou, com manteiga de orí da Costa, um cone ao qual acrescentou vários elementos símbolos sacros, e, o fixou sobre a cabeça da ave, dando a ela a representação do ADÓSÙU, representando aquele que recebeu o ÒSÙU.
ÒRISÀNLÀ disse: A partir desse dia, este símbolo nunca mais poderá deixar de existir e de ser usado por todos aqueles que serão Iniciados, para a transmissão e veiculação de Àse em todos os rituais.

Qualquer ritual em que ela não estiver presente, não terá validade.

Esta ave é o símbolo dos iniciados, por isso ela nascerá com o ÒSÙU, bem com a pintura do EFUN que é feita em minha honra”.

É por isso que a galinha de angola deve estar presente em todas as cerimônias de EBORÍ, ORO, Iniciações ou Obrigações de ano de um iniciado, sendo que um dos atos mais importantes que compõe a iniciação de um ÀBÍON ou ABÍYÀN é o ÒSÙU, que é colocado sobre a cabeça do Iniciado na hora de sua iniciação, tornando-o um  ADÓSÙU, que quer dizer : “CABEÇA QUE LEVOU O ÒSÙU’.

Assim sendo a ETÙ-galinha de angola, é a principal oferenda que podermos fazer aos nossos ÒRÌSÀ.

Ki gbogbo ÒRÌSÀ kó ire to é wá

Texto de  Ìyá Angela ti OYA

Anúncios